Fresco

Rapino sobre os Estados Unidos: “Parabéns, Presidente Biden e Senhora Vice-Presidente Harris. Significa muito para mulheres, pessoas LGBT, imigrantes, muçulmanos e nativos americanos. "

rapino o ssha pozdravlyayu prezident bajden i madame vitse prezident harris eto mnogo znachit dlya zhenshhin lgbt immigrantov musulman i korennyh amerikantsev

A jogadora de futebol dos Estados Unidos Megan Rapino parabenizou o candidato democrata Joe Biden por vencer a eleição presidencial.

Anteriormente, vários meios de comunicação americanos, incluindo CNN, AP, NBC e Fox News, anunciaram a vitória de Biden nas eleições presidenciais dos Estados Unidos, com base em dados da contagem dos votos e suas avaliações de especialistas. 

Biden mais tarde anunciou sua vitória nas eleições. Kamala Harris se tornará a primeira mulher vice-presidente dos Estados Unidos.

Presidente eleito Joe Biden e Madame Vice President Kamala Harris. Parabéns!

É impossível subestimar o quão histórico e incrível isso é para Kamala Harris, para as mulheres negras e sul-asiáticas ao redor do mundo e para a América. Nunca vamos olhar para trás ”, tuitou Rapino.

O jogador de futebol também postou um post e várias histórias no Instagram. Em particular, ela postou uma foto em que se alegra com os resultados da eleição - esta postagem, por exemplo, foi apreciada pelo zagueiro do Arsenal, Hector Bellerin.

Na história, Rapino publicou novamente a postagem com a foto de Harris e escreveu: “Algumas pessoas não têm ideia do quanto isso significa para muitas pessoas. Para mulheres. Para LGBTQ +. Para BIPOC (abreviatura significa "Negros, Indígenas e Pessoas de Cor" - aprox. Sports.ru). Para imigrantes. Para muçulmanos. Para nativos americanos. E, francamente, para todos os outros também. Joe e Kamala vão defender você e também por mim. "

"Salário igual, ou você pode procurar outro lugar para verbas para a Copa do Mundo quando eu me tornar presidente." Biden em ação rejeitada pela seleção feminina dos EUA

Показать больше

Последние новости

Botão Voltar ao topo